21 de setembro de 2016

VERDE NA TERRA, VERDE NO AR


Num país tão verdejante como a Irlanda, não admira que a cor da companhia aérea nacional seja...o verde. No final da minha viagem de seis dias, enquanto esperava num dos bares do aeroporto de Dublin, pus-me a desenhar os aviões. Os da Aer Lingus alinhavam-se lá em baixo, junto às mangas, num frenesim de cargas e descargas:





Já notei a popularidade deste tipo de desenho entre a comunidade sketcher, mas a minha produção dá-me vontade de rir: o primeiro avião, como me informou o meu meaningful other à chegada a casa, ficou "gordinho", parecendo-se com um avião de brincar. Paciência. A coisa foi melhorando conforme ia avançando para a direita. Fosse o papel mais espaçoso e o quarto avião, a existir, parecer-se-ia com um avião a sério!


Felizmente que consegui acabar o desenho antes de eles me fugirem, afastando-se rapidamente um a um na direcção da pista de descolagem.

6 comentários:

  1. Julgo que a Aer Lingus foi privatizada recentemente.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É possível que sim, pelo menos a avaliar pelo serviço lastimoso, low-cost ao extremo, que oferecem agora, bem pior que a Ryanair...:(

      Eliminar
  2. Privatizados ou não, os aviões ficaram giros. E adoro aquelas nuvens!
    ***

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. As nuvens são o eterno desafio.
      Obrigada, Luísa!

      Eliminar
  3. Só tenho uma coisa a dizer:Quando eu conseguir desenhar assim um avião atiro um foguete:)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É, é. Aposto que os desenharias com imensa graça e estilo!
      Quanto ao foguete, quando atirares avisa. Podemos desenhá-lo antes, paus para toda a colher que nós, sketchers, somos. 😊

      Eliminar