21 de abril de 2018

NO CARVALHIDO, À CHUVA


Ora vamos lá a fazer uma publicaçãozita aqui no blogue, a ver se ele ressuscita!

Depois de uma semana abençoada de sol, eis que a tarde de sábado nos reservou um belo brinde. Mas os PoSk não se deixam intimidar: uma dependência do Multibanco mesmo em frente da antiga Igreja Paroquial do Carvalhido, no Porto, caiu-nos... do céu. E saiu um desenho:


No local, um cruzamento movimentado e barulhento que o esboço não conseguiu traduzir, o registo foi este, aqui mostrado numa fotografia tenebrosa que nem eu consigo explicar:


Vêm aí mais encontros de desenho, pelo que espero pôr aqui mais notícias em breve!

7 comentários:

  1. Belo desenho de uma bela capela —a Capela de Nossa Senhora da Conceição do Carvalhido, a cuja Confraria pertenceu desde 1886, tendo sido edificada ainda no século XVIII. Com a criação da Paróquia do Coração de Jesus do Carvalhido, em 1940, pelo bispo António Augusto de Castro Meireles, a capela serviu de igreja paroquial, altura em que foram colocados os azulejos na fachada, de Luiz Pereira. É o ex-libris do Carvalhido, zona citadina que alguns querem ver transformada em freguesia autónoma.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Freguesia do Carvalhido inserida no Município de Paranhos :)

      Eliminar
    2. Carlos: Ah, então é por isso que está ali ao lado a estátua de Antº de Castro Meireles! Obrigada por estas explicações, sempre tão úteis!
      Ah, e como se vê pelo comentário de AB, um Carvalhidense aqui assumido, a causa independentista é real!

      Eliminar
  2. que saudades destes teus desenhos, miu, este está top, parabens !!

    ResponderEliminar