9 de março de 2015

QUANDO NO INVERNO PARECE VERÃO


Foram três dias de sol e calor em pleno inverno, com bikini, piscina e praia (quente e deserta!) à discrição e muitos passeios, a pé e de bicicleta, em redor da marina. Belo fim-de-semana, portanto, neste início arrojado de Março, numa Vilamoura transfigurada de placidez e quietude. E eu, munida do meu bloco de desenho, lá registei um bocadinho deste parêntesis inesperado, sentada na margem oeste da marina com a bicicleta estacionada ao lado:


O desenho, coitado, saiu todo torto e desproporcionado, mas dei-lhe direito à vidinha. E depois, no hotel, transformei-o nesta aguarelazita inglória mas a cheirar a maresia:


Por muita chuva que ainda aí venha (Abril, águas mil, etc e tal), este reservatório extemporâneo de vitamina D já ninguém me tira. :) 

6 comentários:

  1. Acabo de verlo en facebook y he querido ver en este blog, el final de tan espléndidos días. Efectivamente, un buen dibujo con azules de verano. Muy bien Miú.
    Aquí también tenemos días de verano, pero... no para ponerse en bañador! Je,je!
    Un abrazo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada, Joshemari.
      Acho que foi a primeira vez na minha vida que fui à praia na primeira semana de Março!
      Um abraço

      Eliminar
  2. Estou cheia de inveja dessas mini-férias extemporâneas. E a aguarela também ficou muito bem. Espero que, para além de arejares o 'bañador', tenhas feito alguma pesquisa sobre locais para passar férias a sério (i.e. no Verão) :-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O 'bañador' foi arejado e devidamente... banhado (imagine-se)!
      Quanto à pesquisa, olha, por mim íamos mesmo para ali - para o Tivoli Marina, eheh! Mas desta vez fomos convidados (o J era orador), pelo que não é uma apreciação realista.
      Mas há tanta coisa!...

      Eliminar
  3. Respostas
    1. Pois é, Suzana, são os mil tons da alegria!

      Eliminar