19 de julho de 2017

UM HOMEM E TRÊS MULHERES


Não, não é poligamia. É apenas a combinatória inversa do "post" anterior, feita igualmente ao acaso e com a mesma temática: figuras aleatórias a caminhar pela rua, vistas de costas. Também aqui se misturam as estações, mas desta vez igualmente as mãos: há um casal que caminha de dedos enlaçados. Já as senhoras protegem as mãos do frio metendo-as nos bolsos.


6 comentários:

  1. Acho fascinantes estas pessoas anónimas, tão naturais, tão espontâneas. Adorava saber pintar assim, a aguarela, com estes contrastes e esta luz que a pele e o vestuário reflectem.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Teresinha. Também me encantam as figuras sem nome, que passam na rua levando as suas histórias e os seus segredos. :)

      Eliminar
  2. É incrível, o impermeável verde tropa está mesmo real, e a pele da gola à direita tb, gosto muito de todos os desenhos das pessoas Miú!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fico contente, Cláudia! Muito obrigada.

      Eliminar
  3. Incrível como parece que estou a ver estes anónimos a nadar, mesmo à minha frente :)
    Beijinhos

    ResponderEliminar