22 de agosto de 2019

MARINA DE FARO


Num dos dias de férias na Praia Verde, fomos a Faro buscar a minha irmã, que chegava de avião para os meus anos. No final da manhã, antes do almoço junto à marina, aproveitei para desenhar os barcos e os reflexos. Não foi tarefa fácil, tanta era a informação:






Mas mais difícil foi a parte da aguarela, como é sempre, tão elusiva é a gama de brancos que todas as marinas apresentam...




























E aqui fica a desenhadora de caderno na mão, findo o serviço, para a posteridade:

Sem comentários:

Enviar um comentário