1 de maio de 2018

NA PRAÇA DO GIRALDO


O meu terceiro e último desenho de Évora foi, como não podia deixar de ser, a praça mais conhecida da cidade, com a Igreja de Sto. Antão ao fundo. Da célebre fonte quinhentista, só um vislumbre aqui se vê, e foi uma sorte, pois com o vento gélido que havia este sábado de manhã, quase larguei caderno, caneta e tudo!


Devo acrescentar que a minha versão ficou mais luminosa, e "alentejana", que a realidade — bem mais tristonha antes do meu regresso a casa:


8 comentários:

  1. A sério, Miú, gosto muito do seu traço.
    Gostava de conseguir desenhar assim!
    AL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada, António Luís, é muito gentil!
      E já desenha muito bem, pelo que fui espreitar... :)

      Eliminar
  2. Estão LINDAS aquelas nuvens, Miu, e o desenho está espectacular, adoro, parabéns!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigadíssima, Margarida, fico contente que tenha saído menos mal, eheh!

      Eliminar
  3. Fantástico dibujo Miú! Me encanta el toque de acuarela que has puesto debajo de los toldos. Muy suelto, a base de manchas de color... pero perfectamente sugerida la gente!! Bravo.
    Un abrazo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, tive de recorrer às manchas sem linha porque, com o frio, não consegui acabar o desenho, eheh! E concordo: acabou por não ficar mal! Fico feliz que tenha gostado. :)
      Abraço amigo

      Eliminar
  4. Tão bonitos estes desenhos de Évora, uma cidade que eu piso quase diariamente : )

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gostas, Luís? Vindo de ti, um desenhador exímio do Alentejo, fico muito honrada!

      Eliminar